Fale Conosco
(11) 3205-4341

[email protected]

COMO SUPERAR MÁGOAS

Segundo o dicionário, MÁGOA que dizer desgosto, pesar, tristeza. Tristeza causada por ofensa; ressentimento.

A mágoa é um sentimento negativo gerado pelo rancor, pela raiva, pelo ódio. Em outras palavras, a mágoa é a raiva que ficou guardada. Esse sentimento provoca angústia pelo fato de a pessoa nutri-lo internamente, suscitando danos em sua própria vida. Guardar ressentimento , como a própria palavra diz, é sentir novamente, ou seja, eu sinto e ressinto.  E todas as pessoas desejam saber como superar suas mágoas. Mas você deve estar dizendo: “eu não sinto raiva”. Aprendemos que sentir raiva é feio, é pecado e, portanto, esse sentimento fica inconscientizado, inviável de ser reconhecido. Então usamos a palavra mágoa que soa “mais bonitinho”.

O ressentimento é vivido de forma a trazer à tona algo que nos feriu, que nos desgostou em algum momento e que ficou inacabado. Você quer devolver a dor a quem a causou já que está sendo corroído por ela. Você passa a sentir insatisfação, raiva, perda de energia, da sua força, do seu empenho, da sua motivação. Esses sintomas vão impedir que você siga em frente pois estão te “segurando”, não permitindo que você sinta prazer. Você se sente vítima da situação.

Mas vamos verificar o porquê de nos magoarmos. A mágoa, na verdade, nada mais é do que o “orgulho ferido”. O orgulho é o conjunto das nossas ilusões. Então, a pessoa magoada, atingida pelo outro, faz uma ilusão de como as coisas “deveriam ser”. Como as coisas não são do jeito que ela imaginou, ela se desilude e atribui ao outro a culpa pelo ocorrido. E, como diz um velho ditado, “guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que o outro morra”. A mágoa corrói a si mesmo. Quem sente a mágoa é você e não o outro.

Você quer saber como superar suas mágoas? Em primeiro lugar você precisa observar o quanto você é “magoável”. Perceba que os outros são do jeito que são e se portam do jeito que se portam. É preciso tirar a ilusão de que o outro corresponda àquilo que você imagina, àquilo que você espera. Lembre-se de que foi você mesmo quem criou a expectativa. O outro só pode te atingir se você der seu consentimento para que isso aconteça. Olhando com toda a honestidade para si mesmo você percebe que o outro não tem o poder de te magoar. É você que SE magoa. Você espera determinada atitude de outra pessoa, por exemplo, consideração. A expectativa é sua e você precisa aprender a reconhecer que foi você que ficou esperando que isso ou aquilo acontecesse. O outro é o que ele é. Ele dá o que ele pode dar e o que ele tem vontade de dar.

Aí você vai dizer: “mas ele (a) se comprometeu”. Sim… ele (a) se comprometeu e se descomprometeu. Faz parte do ser humano mudar de ideia, mudar de posição. O difícil é você admitir isso para si mesmo. E se você olhar com muito carinho vai perceber que muitas vezes você fez o mesmo. Se compromissou, mas não pode arcar com o compromisso. Lidar com a verdade é a maior de todas as dificuldades. É preciso que sua mágoa seja resolvida. Você quer “encarar” a si mesmo (a) para poder superar suas mágoas? O segredo para não se magoar (ou deixar de ser magoável) é não esperar, não fazer expectativa.

                                                                                                                                                                                                                  Iracema Cesar

 

Se você desejar realizar uma Avaliação sem Compromisso entre em Contato Conosco: (11) 3205-4341

Nome

Email

Assunto

Sua mensagem

voltar
Olhar Interior é um consultório especializado na prestação de serviços em Psicologia Clínica, Aconselhamento Psicológico, Atendimento a Adolescentes e Adultos.